CRYPTOSAFT | ASSOFT


CryptoSAF-T

CryptoSAF-T

Os programas de contabilidade têm de criar um ficheiro SAF-T (PT) de contabilidade descaracterizando parte dos seus elementos.



O Decreto Lei n.º 48/2020 de 3 de agosto estabelece a obrigação de encriptação do ficheiro SAF-T (PT) para o efeito da entrega da IES/DA, bem como os respetivos procedimentos a adotar.

O CryptoSAF-T, designação dada pela comunidade, consiste no ficheiro SAF-T (PT) em que um conjunto de informação sensível sobre os contribuintes é descaracterizada. São elementos que, ao serem tratados sem quaisquer medidas de proteção, podem expor e colocar em causa a segurança e a privacidade dos contribuintes, bem como daqueles que têm relações comerciais com esses.

Encontra-se disponível um repositório de informação para todos os que pretendam esclarecer dúvidas acerca do CryptoSAF-T e, também contribuir para o seu desenvolvimento.

Informação Técnica